Preciso renovar minha marca? Entenda o que é rebranding

A sociedade, a indústria, a cultura e até os hábitos das pessoas. Tudo muda. Mudar faz parte da evolução humana e, acredite, vai continuar fazendo. Muitos estudos apontam que as transformações sociais e de comportamento serão cada vez mais frequentes. E você sabe o que isso tem a ver com branding? Tudo!

As mudanças que acontecem no mundo influenciam diretamente a cultura, os hábitos e a forma de pensar das pessoas. Isso acaba refletindo em como clientes e consumidores veem e interagem com marcas. Por isso nesse texto vamos falar sobre rebranding. Uma prática que deve ser analisada de tempos em tempos por gestores que acompanham as transformações da sociedade.

Quando é a hora de fazer um redesign de marca? Existe solução pronta? Quem deve ser chamado para executar esse trabalho. Essas são algumas das perguntas que pretendemos responder nos próximos parágrafos. Vamos nessa?

 

O que é rebranding?

 

Também conhecido como rebranding, o redesign de marca nada mais é do que uma atualização visual do desenho da marca. Esse processo é feito para dar o famoso “refresh” de design, trazendo a marca para os tempos atuais em termos de formas, cores, fontes e, principalmente, de significado.

Razões estratégicas também podem justificar um redesign. Marcas que mudam drasticamente de foco de atuação ou de público-alvo, por exemplo, muitas vezes precisam fazer um rebranding para conversar com novos cenários, novos desafios e novas pessoas.

O trabalho de design dentro do redesign é pegar os objetivos da marca e materializá-los em uma forma gráfica que transmita a mensagem desejada. Tudo através de muito estudo, muita pesquisa e, logicamente, muita mão na massa.

Para marcas que querem mergulhar fundo especificamente em significado, indicamos antes do rebranding um trabalho de DNA de marca. Já falamos sobre ele aqui no blog. Nesse texto e nesse texto você conhece um pouco mais sobre essa imersão na essência, na vocação, no propósito e em tudo que dá corpo ao DNA. Nós aqui na Woop fizemos esse trabalho e recomendamos.

 

Ok. Mas por onde começo?

 

Agora que já citamos algumas das razões que levam marcas a fazer o redesign, fica muito mais fácil para você, gestor, saber se esse é o momento correto para executar esse trabalho. Aliás, analisar a sua necessidade de rebranding é o primeiro passo. Portanto, faça essa importante reflexão e divida com as pessoas da sua equipe.

Se a sua marca parece “velha” (aos olhos de clientes e consumidores), se ela não conversa mais com seu público e se ela, colocada ao lado dos concorrentes, já não tem o destaque visual que teve em outros momentos, acredite: a hora do redesign chegou. Isso que esses são só alguns dos vários pontos que podem ser avaliados. Como citamos anteriormente, questões estratégicas também justificam uma atualização na marca. Portanto, faça uma lista de “Por que mudar?” e “Por que não mudar?” e tire a prova real com relação ao cenário atual.

rebrand-2

 

Chame um profissional capacitado

 

Depois de entender que esse é o momento certo para dar a revitalização, chame um profissional capacitado para executar o trabalho. Esse é um ponto crucial. Não caia na armadilha de achar que esse assunto pode ser resolvido de uma forma “caseira” mudando um pouco aqui e ali.

O barato pode sair muito caro. Tanto em questões de receptividade do seu público, que pode rejeitar o resultado final, quanto em aspectos legais, já que muitos amadores copiam trabalhos já executados e entregam como execuções inéditas e exclusivas. O que pode render processos, custos desnecessários e danos penosos à sua imagem.

Redesign de marca é um assunto para especialistas. Portanto, procure alguém que realmente entenda do assunto. Nós, da Woop, temos um time completo de Designers, Planners e Diretor de Criação para ajudar a encontrar o caminho certo para a sua marca e, claro, para colocá-lo em prática da melhor forma. Isso envolve benchmarking (análise de concorrência), pesquisa de tendências e muita, mas muita, cocriação com você, gestor.

Afinal, na hora de, literalmente, desenhar o futuro de uma marca, não existe receita de bolo: cada caso é avaliado, pensado e repensado para chegarmos, juntos, a uma solução que seja coerente com a sua necessidade. Cobre isso do fornecedor que você pensa em contratar para executar esse trabalho.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre redesign de marca, veja alguns dos projetos que executamos aqui na Woop.

 

rebrand-3

rebrand-4

rebrand-5

Não deixe para amanhã a revitalização que a sua marca precisa hoje. No branding, o tempo joga a favor de quem é rápido em detectar a necessidade de mudança e faz os movimentos corretos para atualizar a sua imagem. Se quiser tirar dúvidas, envie uma mensagem pra gente. Vamos responder com toda atenção e dedicação.

Gostou das dicas que trouxemos aqui? Então, espera que tem mais. Nesse texto falamos sobre 5 tendências que sua marca precisa apostar em 2020. Tá imperdível.

 

Sobre o autor

Johnny Loewen

Johnny Loewen

Redator de origem, Diretor de Criação no dia a dia, guitarrista nas horas vagas, cinéfilo nos fins de semana e filósofo de boteco sempre que surge um convite.

Gostou deste artigo?
Então assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo especial e GRÁTIS.